BUSCA

RELACIONAMENTOS COMPLICADOS

Relacionamentos

 

Relacionamentos são sempre complicados, especialmente quando falamos dos que envolvem amor romântico.

Não é nada difícil encontrar pessoas que parecem cair no mesmo padrão amoroso: elas conhecem alguém, se apaixonam, passam um tempo com a pessoa e, de repente, a pessoa simplesmente perde o interesse e pula fora.

 

Por que será que isso acontece?


Kelly Campbell escreveu sobre esse assunto no Psychology Today, afinal na maioria das vezes a Psicologia pode mesmo explicar nossos comportamentos, principalmente aqueles que se repetem e criam padrões nos quais nos vemos presos.

Para Campbell, as razões principais que levam as pessoas a perderem o interesse em alguém são as seguintes:Falta de autoconfiança


Goste você ou não, a verdade é que autoconfiança conta muito, e a falta dela é um dos grandes motivos que fazem com que uma pessoa perca o interesse pela outra.

O único jeito de mudar a situação é trabalhar para melhorar sua autoestima e passar a se sentir mais confortável na sua própria pele. Pense também se as suas inseguranças são em relação a coisas que podem ser mudadas; se sim, corra atrás da mudança.


Quando a pessoa está desesperada atrás de um namoro


Sabe aquela pessoa desesperada atrás de um relacionamento amoroso?

Elas acabam muitas vezes esperando encontrar a felicidade em outra pessoa quando, na verdade, devemos ser felizes sozinhos e encontrar alguém, se quisermos, para nos fazer companhia, não para preencher buracos.


Às vezes não era a hora certa


Tenha sempre em mente que não é possível saber o que se passa na vida de outra pessoa, e a verdade é que você pode ser o melhor dos partidos, mas se a pessoa tem algum outro problema a ser resolvido, ela acaba tendo que priorizar as coisas.

Nem sempre as coisas acontecem na hora certa. Aceitemos.


A gente sabe que é difícil aceitar coisas que não têm explicação, mas elas existem aos montes, então quanto melhor você tentar entender isso, mais cedo vai se recuperar quando levar um tombo.


Muita coisa rápida demais


Pode acontecer também de que as duas pessoas estejam de bem com a vida, prontas para começar um relacionamento, mas que, depois de um tempinho, perdem aquela empolgação inicial e as coisas esfriam. Isso é típico de relacionamentos que começam rápido demais, quando as pessoas queremficar juntas o tempo todo, trocam inúmeras mensagens durante o dia, se falam o tempo todo…

O problema é que muitas vezes esse excesso de tempo junto, essa pressa toda pode condenar o relacionamento a um fim precoce. Quando estiver começando um novo namoro, vá com calma, conheça a outra pessoa, não priorize a nova relação, não abandone amigos e outros aspectos da sua vida particular.

Cheque, também, as coisas que vocês têm em comum e não ache que só porque a coisa tem química ela será duradoura.


No fim das contas, o bom senso é a regra que faz mais sentido e que pode nos ajudar a ir com calma e a mudar os nossos padrões, aqueles que se repetem.

 

mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 / 300 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 10-300 caracteres
termos e condições.